Correlação | O que é e como usar no day trade

Este artigo foi construído por Juliano Freitas para o Blog TraderHub.


O que é Correlação?

Correlação é uma medida estatística que mede como um ativo se move em relação a outro ativo. Pode ser usado para ações, ETF´s, fundos e diversos mercados.


A correlação é medida através de um escala que vai de -1 até +1, onde -1 significa que são negativamente correlacionados e +1 significa que são positivamente correlacionados. Para você entender melhor este conceito, pegaremos duas ações positivamente correlacionadas, duas ações negativamente correlacionadas e duas ações com correlação próxima a zero.


Correlação Positiva

Para este exemplo usaremos duas ações da mesma empresa, sendo que uma é ON e a outra PN. Olhe o gráfico abaixo que mostra a evolução de PETR3 comparada a PETR4.


📷


Perceba que os dois papéis se movem quase que juntos, portanto possuem uma correlação positiva e próxima de +1. Conforme o conceito de correlação, o que estamos vendo no gráfico acima é como um ativo se move em relação a outro em um determinado período de tempo.


Correlação Negativa

Agora vamos ver um exemplo de uma correlação negativa.


📷


Neste exemplo acima foi utilizado o gráfico do Dólar Futuro comparado ao Índice Futuro. Perceba como estes ativos se movem de forma contrária, mostrando de forma visual, uma correlação negativa.Importante salientar que a correlação entre os ativos depende de diversos fatores externos e estes fatores podem mudar ao longo do tempo, ou seja, a correlação é uma medida que muda de acordo com o período que estamos levando em consideração.


Obviamente que dois ativos, tais como PETR3 e PETR4, sempre manterão uma correlação positiva entre eles e sua variação não será de grande magnitude. Já se estamos analisando a correlação entre dois ativos, tais como Índice e Dólar, esta correlação tende a variar mais devido aos diversos eventos e fundamentos nas quais são sensíveis.


E a Correlação Neutra?

Agora vejamos um exemplo de dois ativos com uma correlação neutra(próxima de 0). Perceba que em alguns momentos estes ativos possuem um correlação positiva e em outros momentos uma correlação negativa, porém no longo prazo a correlação entre estes dois ativos é próxima de zero.


📷


Prazo utilizado para o cálculo

Um aspecto importante é o período utilizado para medir a correlação entre dois ativos. Quanto maior o período analisado, maior será a confiabilidade da medida de correlação.


Imagine que você calculou a correlação de curto prazo entre os dois ativos da figura acima, provavelmente você terá um resultado de uma correlação altamente negativa devido aos últimos movimentos.


Porém quando calculamos a correlação para um período maior, podemos perceber que aquele momento pode ser considerado como um evento casual.


Correlação no day trade

A correlação pode ser utilizada no day trade de diversas formas. A forma como eu utilizo a correlação entre os ativos tem como objetivo entender o contexto atual e me posicionar em trades de melhor qualidade e maior probabilidade.Vamos ver alguns exemplos?


Correlação entre o Índice Futuro e as principais ações que compõem a carteira teórica do Ibovesba.

📷


Para o trader que opera o Índice Futuro é indispensável o monitoramento das ações que tem maior peso no Índice Ibovespa. Além destas ações, podemos monitorar ativos como EWZ, S&P500, BR20 etc.


Um ponto importante e que devemos ter cuidado ao se fazer essa análise de contexto, é que por vezes, a correlação entre o mercado interno e o externo(fora do Brasil) pode se tornar negativa.


Isso ocorre quando algum driver interno é capaz de ter um impacto grande na precificação dos ativos.


Correlação entre commodities e ações

📷


Obviamente alguns ativos possuem uma alta correlação com certas commodities. O gráfico acima mostra a correlação de PETR4 com o petróleo. Outro exemplo é a correlação entre o minério de ferro e ações das empresas mineradoras.


Olhe estas notícias abaixo.


📷


📷


É com base em fundamentos, notícias e visão macro, que um trader qualificado e preparado consegue extrair boas oportunidades. Cabe ao trader "linkar" notícias, analisar seus impactos, para então executar seu trade em contextos favoráveis.


Vamos ver mais alguns exemplos de correlação que podem nos ajudar durante o pregão?


Correlação negativa entre Dólar Futuro e Índice Futuro

📷


Correlação entre empresas do mesmo setor

📷


Correlação entre Dólar Futuro e empresas com receitas e dívidas em Dólar Americano

📷


No gráfico acima podemos observar a correlação positiva entre SUZB3 e o Dólar Futuro. Isso se dá porque a maior parte da receita da empresa é em DólarPor outro lado, a empresa tem um endividamento alto em Dólar, mas que termina sendo compensado pela receita maior.


Estes são alguns exemplos de correlação. Obviamente que neste mundo de ativos correlacionados existem diversos outros ativos correlacionados de forma positiva ou negativa.


Causalidade x Correlação

Algo que não podemos esquecer é a diferença entre correlação e causalidade.


Causalidade é a relação entre um evento A e um segundo evento B, provido que o segundo evento seja uma consequência do primeiro. Isso significa que a maior parte dos ativos correlacionados, não possuem causalidade entre si.


Portanto ao observar ativos correlacionados, não significa necessariamente que um tem consequência direta no preço do outro. Resumindo, não é porquê o ativo X se move que por consequência o ativo Y irá se mover.


Considerações finais

Utilizar a correlação entre os ativos é vital para o trader traçar cenários e entender melhor o contexto atual.


Lembrando que para boas decisões e identificação de boas oportunidades durante o pregão, é necessário que o trader tenha uma visão ampla do mercado, levando diferentes aspectos em consideração para uma boa tomada de decisão.


Espero que tenha gostado do conteúdo. Bons trades!


Juliano Freitas

Fundador do TraderHub e Trader Profissional

Trader com mais de 10 anos de experiência na área de Trading.

Ex Prop Trader Chicago, Co-fundador Day Trader Pro, Mentor em Mesa Proprietária, Especialista em Fluxo de Ordens, Trader especialista em Ações e Índice


Dúvidas, entre em contato ou deixe seu comentário.


Acesse o site www.beoninvest.com.br, conheça mais sobre estratégias automatizadas e comece a investir com robôs!


Os Robôs de Investimento vieram para facilitar a vida do trader e até trazer uma nova forma de investimento para quem não é trader. Faça um teste totalmente grátis em nossa plataforma e veja como entrar na nova era de investimentos é rápido e fácil.


Cadastre-se e receba acesso gratuito à todos os robôs de investimento em conta demo.

  • Be On Invest - Canal no Youtube
  • Be On Invest - Facebook
  • Be On Invest - Linkedin
  • Be On Invest - Instagram

Alameda Franca, 243 - Jardim Paulista.

São Paulo - SP

Be On Invest

Plataforma de Robôs de Investimento.

© 2020 Be On Invest.

Telefone: (11) 9 6169-4558
contato@beoninvest.com.br

Históricos de rentabilidade não são garantia de retornos futuros. O mercado de renda-variável assim como de Robôs de Investimento envolve riscos e está sujeito a eventualidades e efeitos externos diversos que envolvem imprevisibilidade e, assim, riscos financeiros, embora nosso trabalho vise minimizar tais riscos e conseguir o máximo de rentabilidade a nossos clientes. Robôs Trader