Guia Be On: Principais informações sobre os robôs

A tarefa mais importante do investidor é escolher com quais robôs irá operar e qual valor destinará a cada robô escolhido.


Por isso, é de suma importância saber como analisar um robô (caso você ainda não saiba, clique aqui para aprender), e o intuito aqui é explicarmos:


1- como o investidor pode fazer, de forma muito simples, as principais análises dos robôs disponíveis na plataforma da Be On Invest;


2- como é possível fazer qualquer análise que se desejar.


O primeiro passo é ter uma conta na plataforma da Be On (caso ainda não tenha, clique aqui para criar gratuitamente a sua).


Então, acesse sua área do cliente da Be On por um computador e, no menu superior, clique em "Robôs" e "Catálogo de robôs".



ROBÔS INDIVIDUAIS


Na página que abrir, selecione o robô e clique em "Mais informações". Então abrirá a seguinte janela:



1- Período de análise


Selecione o período que deseja analisar as estatísticas. Recomendamos que avalie o maior período estatístico possível, clicando em “Histórico”.


2- Perda máxima


É a pior sequência de operações que o robô teve no período selecionado.


Representa o risco do robô, pois os padrões estatísticos tendem a se repetir.


Também é conhecida como “DrawDown” e é calculada através da diferença entre o maior topo e o menor vale da curva de performance do robô.


3- Número de trades

É o número de operações que o robô realizou no período selecionado.


Importante notar que os robôs da Be On são de baixa frequência, eles só entram em operação quando é atingido o gatilho da estratégia. Para entender mais sobre isso, clique aqui.


4- Capital inicial


É o investimento mínimo para se utilizar o robô.


É importante ressaltar que na Be On o investidor pode realizar alterações de alocação nos robôs sempre que desejar, de forma fácil através da área do cliente.


O capital inicial é o investimento mínimo no robô, mas pode-se investir valores até dez vezes maiores ao capital inicial, pelo mesmo valor de aluguel do robô (o valor de aluguel do robô é fixo, independente do valor alocado nele).


5- Lucro/Prejuízo máximos


É o máximo que o robô já chegou a ganhar ou a perder em uma operação.


São conhecidos, respectivamente, como “Take Profit” e “Stop Loss”.


6- Descrição da estratégia


Traz mais informações sobre como o robô opera, indicadores que ele utiliza, e quaisquer outras informações relevantes.


7- Detalhado de operações


Clicando no botão, a página abrirá o relatório com todas as operações que o robô já realizou.


Caso queira, você pode copiar esses dados para o Excel e fazer qualquer tipo de análise do robô.



PORTFÓLIOS


A avaliação dos portfólios não é muito diferente da análise dos robôs trader individuais.


De maneira geral, os portfólios são agrupamentos de robôs que se complementam para diminuir o risco e podem ter como objetivo, por exemplo: maximizar o retorno, reduzir a volatilidade, dentre outros.


Para analisar os portfólios, basta seguir o passo a passo:


No “Catálogo de robôs”, na parte superior da página ao lado de “Robôs individuais”, clique em “Portfólios” e em “Mais informações”.


Então abrirá a seguinte janela:



1- Período de análise


Selecione o período que deseja analisar as estatísticas. Recomendamos que avalie o maior período estatístico possível, clicando em “Histórico”.


2- Perda máxima


É pior sequência de operações que o portfólio teve no período selecionado.


Pelo fato de os robôs se complementarem na composição, o risco de um portfólio tende a ser muito inferior a um robô individual.


3- Descrição da estratégia


Detalha o objetivo da composição e o estilo dos robôs que foram agrupados nesse portfólio.


Quer entender mais sobre os diferentes tipos de robôs e como agrupá-los? Clique aqui.


4- Estagnação máxima


É o maior ciclo estatístico do portfólio.


É calculado com a maior distância entre dois picos de performance do portfólio; ou seja, o maior intervalo de tempo, no período selecionado, que o portfólio levou para renovar a máxima histórica.


Essa métrica é relevante para a análise de portfólios, mas para a análise de robôs individuais também.


5- Alocação


Diante do valor que você alocar no portfólio, é o percentual do capital que será distribuído entre os robôs que compõem esse portfólio.



CONCLUSÃO


Analisar robôs trader pode parecer difícil, mas não é.


Claro, existem formas de se aprofundar no tema, mas avaliando os fatores aqui mencionados já vai possibilitar que você tire muito proveito dos robôs trader.


A Be On Invest possibilita que você faça qualquer tipo de análise dos robôs de maneira muito simples e com todo o suporte da nossa equipe de especialistas.


Quer o auxílio da nossa equipe para escolher os robôs que irá operar em conta real? Clique aqui.

Quer acessar sua área do cliente da Be On para fazer suas análises? Clique aqui.

Ainda não tem conta na Be On Invest e não quer perder a oportunidade de abrir a sua gratuitamente? Então, clique aqui.

  • Be On Invest - Canal no Youtube
  • Be On Invest - Facebook
  • Be On Invest - Linkedin
  • Be On Invest - Instagram

Alameda Franca, 243 - Jardim Paulista.

São Paulo - SP

Be On Invest

Plataforma de Robôs de Investimento.

© 2020 Be On Invest.

Telefone: (11) 9 6169-4558
contato@beoninvest.com.br

Históricos de rentabilidade não são garantia de retornos futuros. O mercado de renda-variável assim como de Robôs de Investimento envolve riscos e está sujeito a eventualidades e efeitos externos diversos que envolvem imprevisibilidade e, assim, riscos financeiros, embora nosso trabalho vise minimizar tais riscos e conseguir o máximo de rentabilidade a nossos clientes. Robôs Trader