Indicadores: Médias Móveis

Este artigo foi construído em parceria com Fábio Santos – Blog Meu Day Trade.

Existem inúmeros indicadores no mercado, e a cada dia surgem mais. Porém, existe um que é com certeza o mais conhecido de todos, são as Médias Móveis.


Nesse sentido, abordaremos neste artigo alguns aspectos importantes desse indicador, e mostraremos algumas formas de operar no mercado utilizando a Médias Móveis.


O que são Médias Móveis?


É um indicador técnico utilizados por Traders e Analistas técnicos/gráficos.


Consiste em uma linha que é plotada no gráfico indicando o valor médio do preço em um determinado período. Desse modo, é uma maneira de enxergar o preço de maneira suavizada, sem ruídos.


Ou seja, facilitando a leitura do contexto do mercado.


Além disso, é um rastreador de tendência, porém, atrasado, uma vez que é calculado com base em informações (preços) passados. Apesar desse atraso, podemos utilizá-la em operações de Day Trade, inclusive criando estratégias baseadas nessas Médias Móveis.


Por fim, é um indicador importante na análise técnica, inclusive é utilizado como base para outros indicadores como Bandas de Bollinger e MACD.


Tipos de Médias Móveis


Existem vários tipos de média móvel: Simples ou AritméticaExponencial, Ponderada, Suavizada, Triangular, Exponencial Dupla e Tripla, entre outras.


Porém, as duas mais utilizadas são as Simples ou Aritméticas (MMS) e as Exponenciais (MME).

Sendo assim, são as médias apresentadas a fundo neste artigo.


Média Móvel Simples


Também chamada de Média Móvel Aritmética, essa média é calculada levando-se em consideração períodos passados, candles passados.


Exemplo: Uma média móvel simples de período 10, é a média de preço dos últimos 10 candles. Sendo que o mais utilizado é o preço de fechamento do candle.


Ou seja, pegamos os preços de fechamento dos 10 últimos candles, somamos esses preços e dividimos pelo nº de candles (períodos), conforme fórmula abaixo.


MMSn = ( V1 + V2 + … + Vn) / n

n = Número de períodos V = valor


Ou seja, a média móvel simples nada mais é de que a média do preço de fechamento dos candles passados.


Média Móvel Exponencial


Também é calculada levando-se em conta candles passados, porém, esse tipo de média dá maior peso aos candles mais recentes. Ela é calculada pela seguinte fórmula:


MMEn = ( V1 – MME Anterior ) X ( 2 / ( n + 1 ) ) + MME Anterior

n = Número de períodos V = valor


Na prática, existe uma pequena diferença entre as duas, conforme podemos observar na imagem abaixo:

Comparação entre médias móveis simples e exponenciais

Para que servem as médias móveis?


Existem inúmeras maneiras de utilizarmos as médias móveis, tanto para analisar o mercado, para operarmos com base nelas, ou até criarmos estratégias automatizadas dos Robôs de Investimento.


Sendo assim, seguem abaixo algumas dessas maneiras:


Rastrear a tendência


Com as médias móveis plotadas graficamente, identificamos rapidamente como o mercado está, temos uma visão geral do contexto.


Nesse sentido, se os preços estão a muito tempo acima da média por exemplo, recuam próximo à média e volta a subir, fica claro que estamos em uma tendência de alta.

Exemplo de tendência de alta

Porém, se os preços estão abaixo da média, fica evidente que estamos em uma tendência de baixa.

Exemplo de tendência de queda.

Identificar distorções no preço com médias móveis


Ocorre quando os preços estão demasiadamente afastados das médias.

Ou seja, significa que os movimentos mais recentes foram de muita força, deixando o preço distante da média.


Aliás, quanto mais inclinada estiverem as médias móveis, mais o preço estará “esticado”.

Exemplo de preço distante da média

Existe uma frase muito famosa no mercado financeiro.

Ou o preço volta na média Ou a média vai no preço

Nesse sentido, podemos tentar aproveitar esses momentos para realizar operações lucrativas.


Identificar consolidações


Com a ajuda das médias móveis podemos também identificar consolidações, mercado lateral, ou seja, mercado sem tendência definida.


Nesse sentido, se o preço “cortar” as médias para cima e para baixo, está claro que o mercado está consolidado.

Exemplo de mercado consolidado

Identificar possíveis pontos de suportes e resistências.


As médias móveis também podem ser utilizadas como pontos de suporte e resistência, ou seja, regiões onde o preço terá dificuldade para ultrapassar.


Sendo assim, podemos utilizá-las para fazer nossas operações ou traçar estratégias dos Robôs Trader.


Aliás, existe uma estratégia operacional chamada de “Retorno à Média”, consiste em entrar em operações quando o preço, após se afastar da média, faz o retorno.


A ideia nesse operacional é entrar em uma operação a favor do movimento, a favor da tendência, mas depois do recuo do preço.

Retorno à média

É uma estratégia interessante, porém, funciona somente em mercados com tendência definida.


Nesse sentido, em mercado lateral, não é recomendado operar dessa maneira, pois seremos estopados na maioria das vezes, como podemos ver na imagem abaixo.

Mercado lateralizado

Quais médias móveis utilizar e quais períodos?


Aqui está uma das perguntas mais recorrentes quando falamos sobre médias móveis.


Podemos afirmar que não existe a média móvel ideal, aquela que funcionará sempre e com todos os tipos de mercado.


Nesse sentido, depende muito do ativo a ser operado, do tempo gráfico utilizado, e também do perfil do Trader.


Sendo assim, cada Trader deve fazer os seus próprios testes e chegar à média que lhe dará melhor resultado.


Algumas da mais utilizadas são as médias de 8, 20 e 200 períodos, todas aritméticas.


Robôs usando médias móveis


Nós podemos também utilizar as médias móveis em Robôs de Investimento.


Tanto em Robôs Investidores mais simples, onde o sinal de entrada de uma operação é dado por exemplo pelo cruzamento de médias, ou pelo cruzamento da média pelo preço.


Como também em Robôs de Investimento mais complexos, onde as médias têm por exemplo a função de validar uma tendência, portanto se o robô segue uma tendência, pode utilizar a média para ponderar a inclinação e assim definir a força da tendência e o tempo que ela já tem perdurado.

Porém não se deixe enganar, em um bom sistema de negociação, são utilizados diversos sinais, cada um com uma função específica para a estratégia.

Você não irá encontrar o setup de médias perfeito que irá resolver todos os seus problemas, robôs de investimento necessitam de um racional por vezes bem complexo para suas estratégias.


Considerações Finais


Tratamos hoje das médias móveis e de como podemos utilizá-las em nosso operacional, tanto de forma manual quanto de forma automatizada.


Esse indicador, apesar do atraso, pode nos ajudar a tomar decisões mais assertivas no nosso dia a dia como Trader.


Porém, vale ressaltar que não devemos utilizá-las como um Santo Graal, algo infalível.


Devemos tentar extrair informações de como está o mercado, como ele está “andando”, se está em tendência, se está de lado, se está esticado, enfim, identificar o contexto para então operarmos de acordo com o que está acontecendo.


Por fim, queremos deixar um último recado para quem gosta de utilizar indicadores em suas operações.


O recomendável é que utilizemos mais de um indicador, indicadores auxiliares, que podem nos ajudar na precisão das nossas entradas e saídas, fazendo nosso desempenho ficar cada vez melhor.


A Be On Invest disponibiliza em sua plataforma Robôs que utilizam médias móveis aliadas a diversos outros indicadores de análise técnica para fazer suas operações na bolsa. Monte uma carteira Demo e veja na prática como os Robôs funcionam!


Qualquer dúvida sobre day-trade ou Robôs de Investimento não hesite em entrar em contato conosco.

Dúvidas, entre em contato ou deixe seu comentário.

Acesse o site www.beoninvest.com.br, conheça mais sobre estratégias automatizadas e comece a investir com robôs!

Cadastre-se e receba acesso gratuito à todos os robôs em conta demo.


Este artigo foi construído em parceria com Fábio Santos – Blog Meu Day Trade.

Conheça a Planilha anual de Day Trade do Fábio Santos – Blog Meu Day Trade clicando aqui

  • Be On Invest - Canal no Youtube
  • Be On Invest - Facebook
  • Be On Invest - Linkedin
  • Be On Invest - Instagram

Alameda Franca, 243 - Jardim Paulista.

São Paulo - SP

Be On Invest

Plataforma de Robôs de Investimento.

© 2020 Be On Invest.

Telefone: (11) 9 6169-4558
contato@beoninvest.com.br

Históricos de rentabilidade não são garantia de retornos futuros. O mercado de renda-variável assim como de Robôs de Investimento envolve riscos e está sujeito a eventualidades e efeitos externos diversos que envolvem imprevisibilidade e, assim, riscos financeiros, embora nosso trabalho vise minimizar tais riscos e conseguir o máximo de rentabilidade a nossos clientes. Robôs Trader