Quando Variar os Objetivos de um Robô de Investimento?

Esse artigo foi construído em parceria com a Educa Capital.


Entender o momento do mercado auxilia na busca de ganhos consistentes.


Operações automatizadas analisam o mercado baseadas em histórico, análise técnica e estatísticas. Isso tudo acaba convergindo em indicadores, que fazem com que os Robôs de Investimento comprem ou vendam algum ativo.


Muitos destes indicadores foram elaborados há várias décadas, e são utilizados até hoje porque conseguem orientar o trader sobre como o mercado “pode” se comportar, e não como “vai” se comportar. Assim ocorre também com as estratégias automatizadas de investimento, os Robôs.

Nenhum robô trader vai ganhar sempre

Você já deve ter visto em vários lugares que “lucros passados não são garantias para ganhos futuros”. Isso precisa ser divulgado e amplamente repetido porque é exatamente assim.


É fácil verificar nos históricos de qualquer operação automatizada que em alguns momentos o robô investidor ganha sem parar, e em outros ele fica lateral ou perde capital. Prever quando um indicador vai funcionar melhor não é uma tarefa fácil, mas fazer a gestão de risco para proteger seu capital no longo prazo não tem mistério e é fundamental.


Operações que buscam ganhos longos e loss curtos, são as mais indicadas para diminuir o impacto dos momentos ruins do mercado. Quando o mercado está em uma tendência definida, é muito fácil com qualquer indicador acertar a operação. A questão é que isso ocorre aproximadamente 30% do tempo, e você precisa aproveitar para ganhar o máximo para compensar com folga o período em que o ativo está sem direção.


Estratégias prontas entregam o conhecimento da análise técnica, e permitem variações que podem ser aplicadas pelo trader quando ele perceber determinados comportamentos no mercado.


Lateralização


Quando há uma nítida lateralização (o mercado vai e volta sem um rumo definido) e você percebe que sua estratégia “quase” bate o objetivo, você pode utilizar um gatilho de “stop móvel” para não arriscar devolver o que já foi conquistado.


Vamos usar um exemplo com mini contrato de dólar. Se seu objetivo em cada entrada é buscar 10 pontos, e o mercado vai até 8 e volta gerando um stop loss, você pode ativar este gatilho para garantir que a partir de 8 pontos você já garanta um resultado.


Você especifica o ponto de ativação do gatilho (8 pontos por exemplo) e qual a distância que o preço pode voltar antes da operação ser encerrada. Se usar uma distância de 2 pontos, se o preço for até 9 pontos de ganho e começar a voltar, sua operação será encerrada quando atingir 7 pontos de ganho.


Da mesma forma, se o mercado andar a favor da operação sem retornar pelo menos 2 pontos, seu ganho vai aumentando a cada ponto conquistado até que haja um recuo para a distância definida. Você também pode combinar o stop móvel com o stop gain, garantindo que a partir de um ponto você tenha lucro, mas se um objetivo for alcançado encerre antes do preço recuar.


É preciso observar que este gatilho pode prejudicar sua estratégia de risco se utilizado com recuos grandes por tempo indeterminado. Se você usa uma proporção de 3×1 (ganhos 3 vezes superiores aos prejuízos) você pode distorcer seu objetivo com ganhos de 2×1 ou menos.


Volatilidade


O mercado pode se movimentar muito rápido para uma e outra direção. Você percebe que sua operação encerra com loss, e depois o preço acaba indo para o objetivo (costuma-se chamar de “violinada”).


Aqui você precisa ter muito mais cuidado, e saber os riscos que corre, se decidir aumentar o stop loss para escapar de períodos onde a volatilidade é maior. Se você aumenta seu risco, é justo que aumente também sua recompensa, então se em algum momento resolver aumentar o loss da sua estratégia, é ponderável também aumentar o gain.


Horários e calendários econômicos


Quando um indicador econômico importante é divulgado, é comum o mercado responder com volatilidade se os números vierem fora do esperado. Um dos mais conhecidos é o payroll (relatório de emprego dos Estados Unidos).


Nos dias de divulgação destes indicadores, o trader pode analisar desligar o robô ou encerrar a operação momentos antes para não correr o risco de ficar vendido ou comprado contra a resposta do mercado. Nestes momentos o stop loss pode ser maior que o configurado, pois sua ordem entra na fila de um book de ordens bem mais concorrido.


Uma das maiores vantagens de utilizar um Robô Trader é manter a disciplina com a estratégia, eliminando fatores emocionais. Varie com cautela seus objetivos e nunca se esqueça da gestão de risco. Assim seus ganhos consistentes vão aparecer.


Deixe suas dúvidas e comentários.

Acesse o site www.beoninvest.com.br e conheça mais sobre Robôs de Investimento.

Cadastre-se e receba acesso gratuito à todos os robôs em conta demo. Robô Trader

  • Be On Invest - Canal no Youtube
  • Be On Invest - Facebook
  • Be On Invest - Linkedin
  • Be On Invest - Instagram

Alameda Franca, 243 - Jardim Paulista.

São Paulo - SP

Be On Invest

Plataforma de Robôs de Investimento.

© 2020 Be On Invest.

Telefone: (11) 9 6169-4558
contato@beoninvest.com.br

Históricos de rentabilidade não são garantia de retornos futuros. O mercado de renda-variável assim como de Robôs de Investimento envolve riscos e está sujeito a eventualidades e efeitos externos diversos que envolvem imprevisibilidade e, assim, riscos financeiros, embora nosso trabalho vise minimizar tais riscos e conseguir o máximo de rentabilidade a nossos clientes. Robôs Trader